Voltar para Home Entre em contato
   
Área Restrita      
         
 
NOTÍCIAS
 
NewsLetter



 
Fale Conosco
(011) 5548-5492
 
S.O.S 24hs
ADVOGADOS IPESPIANOS
MAURÍCIO CANTO
(11) 9976-4111
 
Contate-nos
 
Compreendendo a necessidade de maior coordenação entre os vários setores da advocacia paulista em que se desenvolve a luta pela manutenção da carteira de previdência dos advogados vinculados ao IPESP; essencialmente ligada às questões por maior transparência de nossas instituições representativas; os advogados independentes do estado de São Paulo resolveram fundar uma entidade denominada ADDPA – ASSOCIAÇÃO DE DEFESA DOS DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS DOS ADVOGADOS DOS ESTADO DE SÃO PAULO - tendo em vista que são quase 40 mil advogados envolvidos na carteira do IPESP e que se encontra em processo de extinção.

Vale lembrar que a nossa carteira de previdência nasceu por meio de uma lei estadual no. 5.174, de 07 de janeiro de 1959, com autonomia financeira e patrimônio próprio, visando proporcionar a aposentadoria aos advogados e a pensão de seus dependentes. Ocorre, porém, que em 29 de dezembro de 2003, na calada da noite foi promulgada uma lei estadual que recebeu o no. 11.608, acabando definitivamente com o repasse das custas à carteira dos advogados. as despesas de custas e os emolumentos passaram a ser encaminhadas para a reforma do poder judiciário paulista.

Portanto, com advento desta lei, que foi promulgada pelo governo anterior, a carteira dos advogados passou a ficar deficitária, muito embora em termos de recursos financeiros a nossa carteira na época tinha aproximadamente 900 milhões de reais aplicados em instituições financeiras.

Porém, em 01 de junho de 2007, foi editada a lei complementar 1.010, que colocou em extinção o IPESP, criando a São Paulo previdência – SPPREV.

Assim então, a ADDPA – ASSOCIAÇÃO DE DEFESA DOS DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS DOS ADVOGADOS DE SÃO PAULO – foi constituída, formalmente, para defender os direitos dos 40 mil advogados contribuintes da carteira de previdenciária dos advogados, e indiretamente duzentas mil pessoas envolvidas; Pois podem ser vítimas de um verdadeiro “golpe” em relação aos seus direitos e benefícios contratados a partir da entrada deles na carteira, que foi criada e avalizada pelo estado de São Paulo em 1959.

Nesse contexto, a ADDPA – ASSOCIAÇÃO DE DEFESA DOS DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS DOS ADVOGADOS DO ESTADO DE SÃO PAULO – entende que todos os advogados (as) inscritos têm o direito de perceber os benefícios (aposentadoria e pensão) no valor equivalente a dez salários mínimos; e caberá a SPPREVSão Paulo Prev, assumir a nossa carteira previdenciária, assim como sempre coube ao IPESP (autarquia estadual), a arcar com os compromissos.

Com efeito, a carteira de previdência dos advogados do IPESP entrou em regime de extinção pela edição de uma lei teratológica e inconstitucional que recebeu o no. 13.549, sancionada pelo governador JOSÉ SERRA em 26 de maio de 2009 causando assim enormes transtornos para os 37 mil advogados participantes.

Diante disso, o nosso futuro está nas mãos do GOVERNO DE SÃO PAULO.

Temos que reverter esta injustiça. Constituímos uma associação para defender os nossos direitos.

Venham participar da ADDPA ASSOCIAÇÃO DE DEFESA DOS DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS DOS ADVOGADOS DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Se o colega tiver interesse em acompanhar a nossa luta escreva para o presidente da ADDPA, MAURICIO CANTOmauriciocanto@uol.com.br.

Estamos de plantão: 24 horas pelo celular: 11 9976.41.11 ou pelo telefone: 11 5548.54.92 com Juliana.

Desta forma, a associação de defesa dos direitos previdenciários dos advogados do estado de São Paulo, entidade sem fins lucrativos. É dedicada integralmente aos colegas advogados Ipespianos. São mais de 6000 advogados agregados a essa luta. Foi fundada em 20 de maio de 2008, por um grupo de advogados da capital de São Paulo.

A nossa luta visa salvar a carteira de previdência dos advogados do estado de São Paulo que já existe por mais de 50 anos.

Enfim, colegas é imprescindível a união de todos os Advogados Ipespianos para a defesa de nossos direitos.

Associe-se à ADDPA.
(não há custos e nem mensalidades)

MAURÍCIO DE CAMPOS CANTO
PRESIDENTE DA ADDPA



AVANTE ADVOGADOS PAULISTAS! VIVA A ADDPA!